terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Importância do Treinamento de Segurança do Trabalho



Padronização de hábitos.

“Você chega em uma empresa nova e começa a aprender os processos, certo?”
Então, você começa a realizar as atividades não só do jeito que te explicaram, mas também a partir do exemplo de seus colegas que estão ali a mais tempo.
Se esta é uma empresa que não realiza treinamentos, certamente poderão ser encontrados processos não padronizados e cheios de hábitos errados. Isto porque a tendência com o passar do tempo, é de se acomodar com a atividade e é desta forma que são criados novos hábitos, que muitas vezes são realizados de forma automática e despercebida.

O treinamento também é uma ferramenta para padronizar os processos e isto não é diferente para a segurança do trabalho. Afinal, a lei não foi criada apenas para gerar multas nas empresas.

O Ministério desenvolve leis para estabelecer requisitos mínimos de segurança, que por sua vez padronizam os processos das atividades com risco. Dessa forma, a probabilidade de desenvolver o hábito errado é menor, o que garante que o exemplo certo será seguido.

Conhecendo os riscos presentes no ambiente

Com os treinamentos de segurança do trabalho o trabalhador estará capacitado para identificar, analisar e entender as medidas de controle dos riscos presentes em seu ambiente.

É claro que ele sozinho não irá decidir sozinho qual medida de controle tomar, porém, temos sempre que lembrar que o trabalhador é a pessoa que mais entende de como a atividade é realizada, já que desenvolvem ela diariamente.

Por isso, o trabalhador capacitado, além de se prevenir os acidentes, poderá auxiliar o supervisor ou responsável da área a analisar sua tarefa e escolher a melhor maneira de evitar/controlar ou até eliminar os riscos apresentados.

Compromisso com seus direitos e deveres

O treinamento de segurança do trabalho transparece os direitos e deveres, tanto dos colaboradores como dos empregadores.

Desta forma, é desenvolvido o compromisso com a segurança, onde todos estão cientes de como agir e quais serão as consequências se não. Já falamos aqui da importância do compromisso com a segurança neste post. 

Oportunidade para desenvolver a cultura de segurança

A cultura de segurança nada mais é que “o jeito que fazemos aqui”, isto envolve principalmente os hábitos da organização, que felizmente podem ser alterados!

Os treinamentos de segurança promovem a cultura de segurança na empresa, mas isto não acontece se não houver o compromisso, como falamos anteriormente. Você poderá entender melhor no artigo “O papel do treinamento da gestão SSO”.

Qualidade de vida no trabalho

Quem não busca qualidade de vida no trabalho? Afinal, é onde passamos a maior parte do nosso tempo. Os treinamentos de segurança proporcionam isto porque o trabalhador se sente seguro e protegido, principalmente quando há bastante envolvimento da empresa em outras áreas da segurança, fora do obrigatório, como por exemplo, cursos para o desenvolvimento de uma cultura de segurança forte.

Confiança e engajamento com a empresa

Com o envolvimento da empresa nos programas e treinamentos de segurança, é altamente provável que a confiança aumente entre os colaboradores e a empresa. Uma empresa que gera confiança pode se surpreender com o aumento do engajamento dos colaboradores.

Conclusão


Todos os itens anteriores vão além do objetivo principal dos treinamentos de segurança que é a prevenção de acidentes. De qualquer forma, os treinamentos de segurança como a das NR’s são obrigatórios e devem ser oferecidos pela empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário