terça-feira, 28 de maio de 2019

5 cuidados para a segurança no canteiro de obras




Trabalhadores que atuam em canteiros de obra estão, ao longo de sua jornada de trabalho, frequentemente expostos a riscos sérios — que vão desde simples tropeções, a choques elétricos, possibilidade de sofres quedas ou até mesmo de cair de um nível para outro. Para minimizar esses problemas, é fundamental que a segurança no canteiro de obras siga padrões específicos que garantam a segurança dos profissionais.

De acordo com dados do Anuário Estatístico da Previdência Social, a construção civil está entre as profissões mais perigosas que existem, sendo também uma das mais letais. Com base nessas informações, não há como ignorar os riscos mais comuns da construção civil e deixar de prezar pela segurança dos trabalhadores.

Cuidados importantes para garantir a segurança no canteiro de obras

Planeje

O primeiro passo para evitar acidentes de trabalho no canteiro de obras consiste em fazer um planejamento prévio para que eles não aconteçam. Isso significa que é necessário incluir no orçamento os gastos com segurança, além de realizar uma Análise de Riscos da obra em questão.

Siga as normas de segurança

Existem Normas Regulamentadoras para praticamente todos os setores de atuação profissional, e a construção civil certamente não fica de fora. É importante que a empresa avalie quais delas se aplicam a seu trabalho, seguindo-as corretamente. A NR 35, por exemplo, diz respeito ao trabalho em altura, enquanto a NR 6 exige o uso de Equipamento de Proteção Individual. Ambas devem ser seguidas dentro de um canteiro de obras, portanto estude-as atentamente.

Invista na conscientização

Apenas fornecer os EPIs não é uma ação que garante a prevenção de acidentes, especialmente se os trabalhadores não entendem a importância de usá-los. Nesse sentido, cabe à empresa fazer uma campanha de conscientização que incentive e estimule a cultura de segurança do trabalho.

Fiscalize

Depois de informar, é necessário fiscalizar a atuação dos colaboradores para verificar se algum deles ainda está deixando a segurança na obra em segundo plano. Punir o não cumprimento das normas também faz parte da manutenção de um ambiente seguro.

Invista em bons equipamentos e manutenções preventivas

Tanto os EPIs quanto os demais dispositivos utilizados pelos funcionários devem ter qualidade certificada. Por mais que a empresa e os colaboradores estejam seguindo todas as orientações de maneira correta, um acidente ainda pode acontecer por conta da presença de máquinas ou materiais inadequados. Vale lembrar que até os equipamentos de boa qualidade necessitam de manutenção preventiva para garantir que nada esteja inadequado para uso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário