terça-feira, 23 de julho de 2019

8 Atitudes empreendedoras na área de segurança do trabalho.


Alcançar o sucesso na vida profissional requer investimento, dedicação e muito trabalho. Atualmente, o mercado busca pessoas empreendedoras, capazes de identificar problemas e desenvolver soluções para eles, visualizar oportunidades e apostar recursos em algo novo que trará resultados positivos. Na área de segurança do trabalho não é diferente!

Empreender significa visualizar as oportunidades de crescimento e investir no que pode aprimorar a execução das atividades. Um empreendedor não é aquele que tem um dom especial e inato, mas quem investe no desenvolvimento de habilidades e adota posicionamentos compatíveis com os seus desejos e necessidades da empresa.

1. Capacite-se continuamente

Certamente, o conhecimento é um dos maiores aliados dos profissionais em segurança do trabalho. É indispensável conhecer as Normas Regulamentadoras (NRs), os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), as características das atividades desempenhadas pelos colaboradores da empresa e muitas outras questões.

Para isso, nada mais eficiente do que investir em cursos e treinamentos. Dessa maneira, é possível enriquecer o currículo, ficar por dentro das novidades do setor, se atualizar quanto à legislação e, claro, garantir o melhor posicionamento no mercado de trabalho. Além disso, a capacitação contínua favorece o desenvolvimento de habilidades necessárias à resolução dos problemas.

2. Defina objetivos e metas

Muitas vezes, a direção é mais importante que a velocidade. Um empreendedor na área de segurança do trabalho deve saber exatamente quais são os seus objetivos. Ou seja, quais resultados ele deseja alcançar. Por exemplo, engajar os colaboradores da empresa em treinamentos de segurança do trabalho? Reduzir o número de acidentes?

Nesses contextos, suas metas se referem ao tempo e aos meios que serão utilizados para que todos os funcionários sejam treinados e os acidentes reduzidos. Portanto, a meta é um conjunto de pequenos objetivos, um guia de como alcançar o que se deseja. Uma boa maneira de definir metas é seguir os seguintes passos:

- Determine os objetivos;
- Planeje as metas;
- Elabore um indicador para controlar os resultados;
- Execute;
- Avalie e revise.

Vale lembrar que o tempo é um fator importante no estabelecimento de metas. Tenha sempre em vista o que você pretende alcançar a curto, médio e longo prazo. Dessa maneira, você será capaz de definir as melhores estratégias e acompanhar a progressão dos resultados.

3. Oriente-se para os resultados

A definição de metas e objetivos é muito importante, mas para conseguir se destacar na área de segurança do trabalho é preciso ir além. Um profissional empreendedor deve adotar um posicionamento compatível com a orientação para resultados. Isso significa que é necessário desenvolver a capacidade de manter o foco nos objetivos e trabalhar para concretizá-los sem fazer desvios durante o percurso.

4. Reconheça as deficiências nos processos

Para iniciar qualquer tipo de atitude empreendedora, é imprescindível analisar todos os processos de trabalho a fim identificar quais pontos não funcionam corretamente, prejudicam o processo de produção ou comprometem a integridade física dos funcionários.

Na área de segurança do trabalho, alguns dos principais questionamentos são:

- Os funcionários estão usando adequadamente os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)?
- Os EPIs estão dentro dos parâmetros de qualidade?
a manutenção do maquinário está em dia?
- Novos investimentos são necessários para garantir a segurança dos trabalhadores ou aprimorar a produção?
- Essas e outras perguntas devem fazer parte da rotina do profissional de segurança do trabalho que deseja empreender.

5. Aumente a eficiência dos processos

Geralmente, os atalhos não são uma boa opção. Para aumentar a eficiência dos processos, o empreendedor precisa desenvolver suas atividades da forma certa, ou seja, padronizar. Portanto, seguir as normas técnicas, psicológicas e médicas é uma das maneiras de aumentar a eficiência dos processos e reduzir os acidentes.

Utilizar a tecnologia, orientar os colaboradores sobre o uso dos EPIs, delimitar procedimentos de segurança, verificar os maquinários e as instalações da empresa e promover campanhas de conscientização são alguns dos modos de diminuir os riscos e garantir a segurança do trabalhador.

6. Lembre-se do networking

O networking é uma atitude empreendedora central. Para alavancar a carreira, é fundamental construir continuamente relacionamentos pessoais e redes de negócio. Ter relacionamentos sólidos facilita a obtenção de informações importantes, o desenvolvimento da carreira e o acesso a oportunidades.

Quanto mais contatos de qualidade, mais possibilidades de reconhecimento no mercado. Uma boa estratégia para ampliar o network é frequentar palestras, simpósios, cursos e demais eventos. Dessa forma, será possível unir a aquisição de conhecimento ao estreitamento de vínculos com outros profissionais.

7. Crie um ambiente empreendedor

Pessoas empreendedoras são capazes de transformar o que está à sua volta e criar um ambiente mais propício ao desenvolvimento de todos. A atitude empreendedora pode ser compartilhada e estimulada nos diferentes setores da empresa. Assim, é possível demonstrar para os outros colaboradores a necessidade de investimentos em determinadas áreas e os benefícios que a implementação de mudanças pode trazer.

Para criar uma cultura empreendedora na corporação, o ideal é buscar o equilíbrio entre a satisfação dos profissionais com a situação atual da empresa e a habilidade de correr riscos bem calculados para aumentar o desempenho individual e coletivo.

8. Aprenda com os erros

Os fracassos acontecerão e você precisará lidar com eles. Um bom empreendedor assume as suas responsabilidades e faz dos erros uma oportunidade de aprendizagem. Reconhecer as contingências que impediram o sucesso da operação é fundamental para elaborar estratégias, aplicar novas técnicas e buscar os treinamentos necessários à resolução dos problemas.

Aprender com os erros também é perceber o que acontece ao seu redor. Geralmente, um olhar atento e uma escuta apurada são suficientes para não cometer os mesmos equívocos que outras pessoas. Além disso, o empreendedor competente sabe que a persistência é indispensável ao sucesso.

Certamente, essas atitudes ajudarão a crescer profissionalmente e a superar os desafios da área de segurança do trabalho. Vale lembrar que, para desenvolver um posicionamento empreendedor, é necessário permanecer aberto às novidades, ter coragem e responsabilidade para assumir os riscos e buscar as melhores soluções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário