terça-feira, 27 de agosto de 2019

Montagem e desmontagem de andaimes



De acordo com a Norma Regulamentadora Nº-18, qualquer atividade profissional realizada
em alturas superiores a dois metros de um nível inferior e com risco de queda, deve
obrigatoriamente obedecer a padrões mínimos de segurança. E isso vale tanto para o uso de
equipamentos de proteção individual, os famosos EPIs, como também para montagem e
desmontagem de andaimes conforme o processo APR.

Os andaimes são estruturas montadas para facilitar o acesso a determinados pontos em alturas
elevadas, como em atividades dentro do segmento da construção civil e para limpeza e
manutenção predial. Podem ser fabricados com os mais diversos tipos de materiais, sendo os
andaimes de madeira os mais comuns em todo o território nacional. Além deste modelo, também
existem andaimes de alumínio, aço e outros materiais.

Já em relação à montagem e desmontagem de andaimes, estes trabalhos devem ser realizados
conforme padrões de segurança e eficiência para evitar qualquer tipo de acidente. É neste ponto,
inclusive, que a Análise Preliminar de Risco mostra a sua importância.

O que é APR dentro do serviço de montagem e desmontagem de andaimes?

A Análise Preliminar de Risco (APR) é uma avaliação prévia que busca identificar todos os riscos
envolvidos na montagem e desmontagem de andaimes. Basicamente, podemos classificar os
objetivos da APR em seis pontos principais. Confira:

- Identificar todos os riscos envolvidos;
- Planejar 100% do trabalho com foco na segurança;
- Orientar os trabalhadores envolvidos sobre os riscos existentes;
- Organizar cada etapa da atividade de montagem e desmontagem de andaimes e outros trabalhos;
- Determinar todos os procedimentos com possam ser implementados para evitar acidentes;
- Conscientizar os trabalhadores sobre os riscos envolvidos e sobre a importância da APR.
Importante: além de informar sobre os riscos envolvidos em determinadas atividades, é essencial
que todos os trabalhadores realmente se conscientizem sobre a importância do APR. A
compreensão é fundamental para garantir ambientes ainda mais seguros e transparentes, com
informações acessíveis sem qualquer tipo de restrição. Desta maneira, é mais fácil promover
trabalhos seguros.

Aplicação do APR

Dentro de um modelo eficaz de segurança do trabalho, a Análise Preliminar de Riscos é uma das
ferramentas mais importantes. Porém, não basta apenas formatar e documentar o APR e orientar
os trabalhadores envolvidos na montagem e desmontagem de andaimes. É essencial vistoriar
cada detalhe para garantir o cumprimento dos procedimentos de segurança do trabalho. Para tal,
alguns pontos devem ser constantemente analisados:

- Atividade: verifique com atenção se os trabalhadores estão seguindo os procedimentos de
segurança estabelecidos pela APR, para evitar riscos;
- Evento de risco: indique na APR quais são as possíveis situações de risco;
- Causa: aponte as possíveis causas de acidentes no ambiente de trabalho. Por exemplo: fiação
exposta;
- Consequência: indique as possibilidades relacionadas (o que pode vir a acontecer) em caso de
problemas. Por exemplo: quais lesões os trabalhadores podem ter;
- Controle: liste toda e qualquer ação estabelecida para controlar os riscos envolvidos na
montagem e desmontagem de andaimes. Aponte também os cuidados que os trabalhadores
devem ter para minimizar riscos de acidentes.
Importante: cada ambiente de trabalho possui determinadas particularidades. É normal, portanto,
que a Análise Preliminar de Riscos sofra alterações conforme as necessidades encontradas. Em
situações assim, o mais importante é seguir padrões que promovam segurança do trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário