terça-feira, 8 de outubro de 2019

Tensão de contato e a importância do uso do detector.



Praticamente é impossível encontrar alguma pessoa que não tenha
sofrido algum acidente, mesmo pequeno, por contato com eletricidade,
o famoso choque. Isso acontece porque pode haver o contato direto
ou indireto do indivíduo com áreas energizadas, que estão recebendo
ou já receberam descargas elétricas. 

Tipos de Tensão de contato.

A tensão de contato somente é possível quando há acesso há áreas /
pontos em um circuito elétrico energizado. Uma ou mais falhas que não
deveriam existir dentro de um sistema de isolamento eficiente. Com isso,
há dois tipos contatos, como vimos no início do texto, a direta e a indireta.

O contato direto, como o próprio nome indica, ocorre quando a pessoa
tem contato com pontos energizados de um circuito. O exemplo mais
claro disso é quando há contato com fios desencapados. Percebe-se
que o ponto (onde está desencapado) não possui isolamento adequado
e as descargas elétricas continuam passando. Logo, quando há a
aproximação e o toque, ocorre o choque.

Já o contato direto é um pouco diferente. Ele ocorre quando alguém tem
contato com alguma parte elétrica de uma instalação que não está
energizada naquele exato momento, mas em razão de falhas no isolamento
e por força da descarga elétrica, ainda preserva algum perigo (ainda há
eletricidade) ou poderá voltar a ter. Em situações assim, é essencial contar
com sinalização adequada para informar a todas as pessoas que
frequentam tais ambientes.

Tensão de contato: por que usar o detector?

Para evitar problemas, o detector de tensão de contato é um dos
equipamentos mais eficientes que existem no mercado. Já ouviu falar? A
gente explica: é basicamente uma tecnologia que tem a capacidade de
detectar com precisão se há ou não tensão alternada em sistemas elétricos.
Simples assim.

Seu funcionamento também é bem fácil de entender. É preciso aproximar
o detector de determinados pontos e nesse momento, o sistema irá
identificar ou não campos energizados. Sinais visuais ou auditivos são
exibidos para indicar a real situação, prevenindo assim acidentes com
certa facilidade. Existem hoje no mercado detectores de tensão por contato
ou por aproximação:

- Detector de tensão por contato. 
- Detector de tensão por aproximação. 

Os detectores de tensão por contato ou aproximação são fáceis de utilizar.
Todavia, as pessoas responsáveis devem realizar treinamento específico
para que conheçam todos os detalhes, como em relação à forma correta de
leitura de tensão. O detector pode ser utilizado em pontos de baixa, média
e alta tensão, como para realizar medições em redes de distribuição, linhas
de transmissão, redes subterrâneas, subestações elétricas industriais e
instalações de vários tipos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário