terça-feira, 5 de novembro de 2019

Trabalho em Esgoto



Um dos equipamentos de proteção individual mais importantes quando
consideramos os riscos envolvidos em trabalho em esgoto é, sem dúvidas,
o macacão para saneamento. Trata-se de um produto de extrema
qualidade para profissionais que trabalham em infraestrutura de tratamento
e distribuição de água, seja em funções de abastecimento, drenagem ou
tratamento de resíduos de água. Existe, inclusive uma portaria nacional
que trata do assunto, a número 762/2002.

O macacão para saneamento protege o trabalhador contra o contato com
líquidos que eventualmente possam estar contaminados, como àqueles
destinados ao tratamento de água. O item protege o contato de pés, pernas,
braços, mãos e tronco de quem atua nessa área. Além disso, protege contra
contato com ácidos detergentes e álcalis.

Características do macacão de saneamento para trabalho em
esgoto

- Capuz é fixo e ajustável ao rosto. Conta com elástico e velcro;
- O fechamento duplo frontal tem um diferencial: a parte interna possui um
zíper. Já na parte externa, o fechamento é feito por carcela e botões de
pressão, que podem ser metálicos ou plásticos;
- Conta com bolsão interno com altura que cobre do abdômen ao peito;
- As mangas são longas e pode (depende do modelo) contar com luvas em
PVC, que por sua vez são soldadas nas extremidades do macacão de
saneamento;
- Também fabricadas em PVC, as botas complementam o kit completo e são
soldadas na barra das pernas.
- A cor amarela é a mais comum quando falamos nesse tipo de equipamento
de proteção individual e tem um bom motivo para isso: o trabalhador que
utiliza o macacão é facilmente identificado, mesmo em ambientes com pouca
luz natural, como em redes de esgoto ou unidades de tratamento de água.

Outros EPIs que também podem fazer parte do dia a dia do trabalho em esgoto:

- Luvas do tipo PVC ou Raspa;
- Botas de borracha do tipo antiderrapante;
- Máscara semifacial do tipo PFF-2;
- Peça facial filtrante carvão ativado;
- Óculos de proteção;
- Capacete de proteção com jugular;
- Cinto de paraquedista;
- Trava-quedas.

Fatores de risco: quais são os principais evitados com o uso do macacão
para saneamento?

Além do contato com líquidos contaminados, o macacão também protege
contra oxigênio atmosférico insuficiente, gases e/ou vapores perigosos e
ainda contato com substâncias reagentes. Trata-se de um EPI que também
protege contra algumas doenças conhecidas pelo público em geral, como
hepatites, dermatites e leptospirose.

Nenhum comentário:

Postar um comentário